Pesquisar este blog

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Assunto: Projeto Nenhuma Criança/Jovem a Menos



Circular E/SUBE nº  008
Rio de Janeiro, 16 de fevereiro de 2012.





Senhor (a) Coordenador (a) de E/SUBE/CRE
Senhor (a) Gerente de E/SUBE/CRE/GED
           

                        O Projeto Nenhuma Criança/Jovem a Menos torna-se cada vez mais importante para o Programa Reforço Escolar, constituindo-se na prática pedagógica que deverá estar sempre presente na Rede Municipal de Ensino: não deixar nenhum aluno para trás.

2.                     Nesse ano de 2012, a orientação é iniciar o projeto no dia  5  de março, com alunos nas seguintes condições:
§ alunos que participaram do NCM em 2011 e repetiram o ano;
§ alunos que não obtiveram sucesso no Realfabetização 1 A e Realfabetização 2 A;
§ alunos que repetiram o 3° ano escolar.

3.                     Esses grupamentos estão sendo encaminhados na listagem em anexo para que as E/SUBE/CRE/GEDs e as Direções das Unidades Escolares possam organizar a proposta do trabalho e marcar os alunos participantes do projeto na coluna NM do Sistema de Controle Acadêmico (SCA).

4.                     Cabe relembrar que o projeto tem como proposta uma ação mais cuidadosa e um acompanhamento intenso do aluno pelo professor regente da turma, no primeiro segmento, e pelo professor de Língua Portuguesa, prioritariamente, no segundo segmento. As principais  ações são:
§ o aluno permanece 3 vezes por semana em horário no contraturno, com atividades de reforço escolar, com estagiários ou voluntários;
§ o aluno tem acompanhamento quinzenal, com base no preenchimento de fichas de observação, já disponibilizadas desde o ano passado;
§ o aluno faz provas mensais, permitindo, assim, intervenções mais rápidas na aprendizagem;
§ o aluno tem leitura obrigatória de livros pré-determinados;
§ uso do reforço digital e da educopédia;
§ termo assinado pelos pais, com ciência de que o filho participa do projeto.


5.                     Os alunos que seguiram para o 2º ano e para o 3º ano com conceito I, conforme listagem enviada pelo prof. Antonio Mateus, anteriormente, iniciaram o processo de recuperação paralela no início do ano letivo. Os alunos do 3º ano, ainda analfabetos, podem também ingressar no projeto Nenhuma Criança a Menos.

6.                              Na listagem agora enviada existem dois pontos de atenção: a) alunos reprovados no Realfabetização 1 e enturmados no Aceleração 1 e b) alunos reprovados (conceito I) no 3º ano, porém com notas  altas nas provas.  Após verificação da Coordenadoria, alguns alunos poderão ser incluídos ou excluídos do projeto Nenhuma Criança/Jovem a Menos.


7.                     Caso o aluno recupere-se na aprendizagem, pode sair do projeto, preferencialmente ao final do bimestre.

8.                     Os alunos com baixo desempenho na ProvaRio ingressarão no projeto, assim que consolidarmos a listagem dos que deverão participar.

9.                              Outros alunos poderão também ingressar, a partir da necessidade observada pelos professores das turmas e pelo desempenho apresentado nas provas bimestrais.


10.                   Estamos à disposição para quaisquer esclarecimentos.



Atenciosamente,


Jurema Regina Holperin
Gerente do Reforço Escolar

Nenhum comentário:

Postar um comentário