Pesquisar este blog

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Plataforma nacional estimula aprendizado coletivo


"Qualquer um pode aprender qualquer coisa, com qualquer pessoa e em qualquer lugar". Com essa frase, as irmãs brasileiras Anna e Camila Haddad conseguiram explicar a proposta da plataforma Cinese.me, que entra no ar na terça-feira (10). O projeto se apoia no conceito de crowdlearning: um modelo em que pessoas de reúnem para aprender e ensinar algum assunto.
- Com a plataforma, vamos dar a oportunidade de as pessoas marcarem, online, encontros de vão acontecer offline. Assim, qualquer pessoa, em qualquer cidade, pode entrar na plataforma e propor um evento. Qualquer assunto pode ser proposto - explica Camila.
No Brasil, o conceito de crowdlearning ainda está se desenvolvendo, mas, em países como os Estados Unidos, já está mais consolidado. Para o projeto, as irmãs se basearam em vários modelos. Um deles foi o Nós.vc, que também permite marcar encontros para debater ideias e construir um saber coletivo.
Para elas, a concepção de educação escolar vigente no Brasil não contribui para o conhecimento coletivo. O saber é compartimentado enquanto, na verdade, é a parte de um todo.
- Quando fui fazer mestrado no exterior, tive contato com os conceitos de consumo colaborativo e crowd. Ao voltar para o Brasil, estava com essa semente plantada e comecei a refletir sobre o motivo de as pessoas não despertaram para a importância da colaboração - esclarece Camila.
A ideia do Cinese.me surgiu no fim de 2011, mas as duas começaram a trabalhar mesmo há cinco meses. Para movimentar o lançamento do projeto, acontece entre 10 e 14 de julho a Semana Cinética, em São Paulo. Em cada dia haverá o debate de um tema o que, para Camila, vai dar às pessoas "o gostinho do que pode acontecer com essa troca de experiências".
- Escolhemos temas motivantes, que acreditamos que sejam de interesse. Assim, fica mais fácil para as pessoas se sentirem motivadas a participar.
Ficou interessado em saber como funciona a plataforma? Acesse o blog do Cinese.me e aproveite para ver a programação da Semana Cinética!


Fonte: Jornal Extra

Nenhum comentário:

Postar um comentário