Pesquisar este blog

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Empresa lança biblioteca digital para seus clientes


Com mais de seis mil itens, a biblioteca digital “Nuvem de Livros” disponibiliza conteúdo online adequado a diferentes plataformas de acesso, tais como o PC, o tablet e o smartphone. A rede, uma iniciativa da Vivo/Telefônica para seus clientes, reúne obras literárias brasileiras e internacionais, além de livros didáticos, enciclopédias, audiobooks, videoaulas e até visitas guiadas –  que funcionam como introduções – ao acervo digital de diversos museus e coleções de arte, história, biologia, cinema e antropologia.
Mediante uma assinatura semanal, o usuário tem acesso a todo o conteúdo, em interfaces pensadas para as especificidades de visualização oferecidas por cada instrumento de acesso. O objetivo é tornar possível a consulta para diferentes perfis de leitores, alcançando tanto os que usam os livros para consulta em trabalhos escolares, quanto os que recorrem a leituras de formação ou mesmo recreativas.
Ao se cadastrar para usar o serviço, o internauta será recebido pelo “Robô Bibliotecário”. Após construir um avatar de navegação com sua identidade visual, é possível localizar as obras por três comandos de busca identificados como “Categoria”, “Reforço Escolar” ou pelo “Título, assunto, autor e editora”. Os livros, tanto clássicos quanto best-sellers atuais, são apresentados como em suas versões impressas, acompanhados de informações adicionais sobre a obra, sugestões de outros livros na mesma temática e aplicativos, como bloco de notas.
A experiência de leitura é sugestiva ao reproduzir o folhear das páginas, ouvindo-se inclusive o som da passagem de uma para outra. A navegação permite localizar rapidamente trechos buscando-se tanto pela palavra quanto pelo cursor direto no ponto desejado – como o capítulo ou página. Outra funcionalidade são as intervenções multimídias, com música, animação e narração nos livros infantis.
Professores
A plataforma conta ainda com um espaço específico para docentes denominado “Sala do Professor”. Nele são oferecidos cursos on-line e transmissão de palestras para educadores, além de aplicativos que auxiliam na elaboração de provas, materiais didáticos e planejamento de aulas. Também é possível selecionar livros e recomendar a leitura aos alunos ou turmas específicos também vinculados.
Para Françoise Trapenard, diretora-presidente da Fundação Telefônica, “a conectividade proporciona transformações nos modelos de aprendizagem ao adotar, por meio das tecnologias da informação e comunicação, espaços com diferentes modelos de ensino na escola, além dela, e também ao longo da vida”.
Nos meses de agosto e setembro a Nuvem de Livros será gratuita. Após este período, o valor de acesso cobrado para clientes Vivo é de R$1, 99 por semana.
AlternativasDiversas outras iniciativas de digitalização de acervos estão online disponíveis gratuitamente. Uma delas é aBOAl – Biblioteca on line de Áudio Literatura. Portuguesa, seu acervo conta essencialmente com autores do país europeu. A Biblioteca da Usp de Teses e Dissertações permite pesquisar sobre a produção acadêmica da universidade, entre suas teses e mestrados. A Bibliomania conta, em inglês, com mais de 2.000 textos clássicos. Além do já conhecido, bom e velho de guerra Domínio Público, com diversos itens multimídia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário