Rio -  Uma chance de crescer na vida estudando com flexibilidade de horário, economia,conforto e qualidade. São vantagens como estas que atraem cada vez mais estudantes para a graduação a distância. Há dois anos, quase 15% dos brasileiros matriculados na graduação assistiam a aulas transmitidas via internet e o número cresce a cada ano. Em 2005, essa proporção não passava de 2,5% dos alunos. Segundo dados do Ministério da Educação, o número de matrículas nos setores privado e público pulou de 5.359, em 2001, para 930.179, em 2010. 
A formação acadêmica é um dos critérios mais utilizados na avaliação de um candidato, influenciando até em promoções salariais, mas muitas vezes as pessoas não conseguem realizar esse sonho por falta de tempo ou dinheiro. 
“Frequentar a universidade seria impossível para mim, que trabalho de 8h às 20h, e quando chego em casa minha família precisa de atenção. O ensino à distância me deu a oportunidade de me qualificar ainda mais para ter cargos mais altos”, comenta Débora Soares Leite, que estudou Pedagogia na Faculdade Estácio de Sá.
O diploma recebido com a Educação a Distância (EAD) é igual ao da graduação presencial, e validado pelo MEC. No Enade (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes) de 2010, os graduados em EaD tiveram, em média, 6,7 pontos a mais do que os alunos de cursos presenciais, o que reflete a disciplina dos alunos desta modalidade de ensino. 
Canais de apoio
O aluno do ensino a distância tem a vantagem de ter acesso a vários canais de apoio para o estudo, em vez de só contar com a ajuda do professor, como no caso dos cursos presenciais. “Ele aprende no próprio ritmo, tem muito material para consulta e pode acessar fóruns e mestres a qualquer hora”, explica, Alexandre Bastos, Diretor de operações EAD da Estácio.
Sonho sem idade
Não há idade para correr atrás de um sonho. Sylvania Machado do Carmo Farhat Benedito, 54, sempre quis ter um diploma, mas a morte de sua mãe e o adoecimento do seu pai a obrigou a largar os estudos. Depois, casada com três filhos, adiou o projeto de novo. As aulas a distância ofereceram as condições ideais para ela se realizar. “O estudo é a grande herança que se deve conquistar”, define ela, que, formada pela Estácio, agora faz MBA em Marketing na instituição. 
As aulas a distância na Estácio começam mês que vem. Para se inscrever, é preciso agendar o processo seletivo em um dos pólos presenciais. Os cursos custam R$ 247,50 ao mês, com material didático completo. A presença é controlada por exercícios, participação em fóruns e atividades na Internet. As provas são presenciais. As aulas ficam à disposição para o aluno assistir quando, onde e quantas vezes quiser. São 24 cursos oferecidos, com certificação do MEC. 
Fonte: Jornal O Dia