Pesquisar este blog

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

COMUNICADO RIO ESTÁ ENTRE AS 21 CIDADES MAIS INTELIGENTES DO MUNDO


COMUNICADO
RIO ESTÁ ENTRE AS 21 CIDADES MAIS INTELIGENTES DO MUNDO
Fundação internacional escolherá as sete melhores
no próximo mês de janeiro
A cidade do Rio de Janeiro foi escolhida como uma das “21 Comunidades
Mais Inteligentes do Mundo” e será a única cidade da América Latina a
concorrer ao “TOP 7”, em janeiro, em Honolulu (Havaí), quando serão
escolhidas as sete finalistas ao prêmio da Inteligent Community Fórum
(ICF), entidade internacional responsável pelo levantamento. O anúncio
da cidade campeã será feito em junho de 2013, em Nova York, durante
a Cimeira Anual de Banda Larga da ICF, encerrando o ciclo de 12 meses
de pesquisa sobre comunidades inteligentes.
No continente americano, além do Rio de Janeiro, foram classificadas
cidades dos Estados Unidos: Columbus (Ohio), Mitchell (Dakota do Sul) e
Filadélfia (Pensilvânia); do Canadá: Kingston, Stratford e Toronto (Ontá-
rio), e Winnipeg (Manitoba); da Europa: Castelo de Vide (Espanha), Heraklion (Grécia), Oulu (Finlândia), Tallinn (Estônia) e Tirana (Albânia). As
representantes da Àsia e do Pacífico são Ballarat, Prospect e Whittlesea
(Austrália); Hsinchu, Taichung e Taoyuan County (Taiwan); Jiading Nova
Cidade (China) e Wanganui (Nova Zelândia).
De janeiro a junho de 2013, o Fórum apresenta para uma empresa de
pesquisa independente dados detalhados fornecidos por cada cidade.
Esta empresa realiza uma análise quantitativa das informações sobre
dezenas de fatores e produz uma pontuação para cada comunidade. Paralelo a isso, especialistas do ICF visitam cada uma das sete cidades
finalistas para validar os dados fornecidos e preparar relatórios de avaliação, que serão analisados por um júri internacional de Comunidades
Inteligentes. Ao final, esta análise qualitativa é confrontada com a pontuação quantitativa. Após o cruzamento destes dados, os organizadores
escolhem a cidade campeã.
O Rio de Janeiro conquistou seu lugar na lista das 21 cidades mais inteligentes implantando projetos como o das Praças e Naves do Conhecimento, o Centro de Controle de Gestão Urbana (COR), a Central de
Atendimento ao Cidadão 1746, o Rio Datamine (base de dados pública),
as Casas “Rio Digital” (são 20 em funcionamento em toda a cidade), o
Forsoft (curso de programação de Sistemas e de Infraestrutura de Rede
com inglês técnico), os concursos “Rio Idéias” e “Rio Apps” de desenvolvimento de aplicativos para os cariocas e visitantes, as Caravanas da
Ciência, entre outros.
A integração de sistemas de gestão de áreas diferentes também foi um
dos fatores que fizeram o Rio avançar na área tecnológica. “Essa integra-
ção foi essencial para adotarmos vários novos sistemas, como o prontuário eletrônico e o agendamento de consultas. Para darmos o salto e
oferecer o e-government que buscamos, é preciso dar suporte e construir
sistemas inteligentes para auxiliar a tomada de decisões”, afirma o secretário de Ciência e Tecnologia, Franklin Coelho.
Devido a estas iniciativas, o secretário está convicto que o Rio de Janeiro
será escolhido umas das sete cidades finalistas do Inteligent Community
Forum, no dia 23 de janeiro, chegando no início de junho como uma das
favoritas ao título.
A Cimeira ICF, que ocorrerá de 5 a 7 de junho de 2013, em Nova
York, e escolherá a cidade campeã, é um encontro internacional de
prefeitos, diretores administrativos, diretores de informação e agentes
de desenvolvimento econômico de cidades, estados e regiões ao redor do mundo. Produzido em parceria com o Instituto Politécnico da
Universidade de Nova York, é uma oportunidade única de aprender
com as comunidades mais dinâmicas do mundo como usar tecnologias de informação e comunicação para construir cidades prósperas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário