Pesquisar este blog

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

avaliação das turmas de 6º ano na CRE


Sr(a) Diretor(a),
Sr(a) Coordenador(a) Pedagógico(a),
 
           
                      Conforme a reunião realizada ontem, dia 26\02, com os coordenadores pedagógicos das escolas com 5º e 6º anos estamos enviando algumas orientações:
 
1 - A prova diagnóstica será aplicada em TODAS as escolas que possuem 6º ano ( inclusive o 6º ano experimental )
 
2 - A aplicação será no dia 06 de março, 4ª feira, nos 2º e 3º tempos de aula pelo professor que estiver naquele momento com a turma.
 
3 - Organizamos a prova de Língua Portuguesa e Matemática de forma que esteja sendo verificado a leitura, a interpretação,cálculos e desafios matemáticos.
 
4 - A prova será enviada, por email, até 2ª feira para que a escola faça a reprodução.
 
5 - A mesma será organizada para que a correção seja rápida e prática.
 
6 - Posteriormente, será encaminhado outro email contendo:
 
- Quadro para preenchimento de dados após a correção.
- Prova a ser reproduzida.
- Orientação para os coordenadores das escolas com 5º ano que irão acompanhar a aplicação das provas nas escolas que seus alunos foram enviados em maior quantidade.
 
6 - Informamos que em cada unidade escolar haverá um elemento da CRE para companhar a aplicação.
 
           Qualquer dúvida entrar em contato conosco.
 
Atenciosamente,
Simone Soares

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Calendário das olimpíadas escolares brasileiras



As competições podem ser usadas pelos professores como ferramenta para estimular o interesse dos alunos em todas as disciplinas.
Olimpíadas Brasileira de Química (OBQ)
É voltada para alunos do ensino médio. Podem participar estudantes de escolas públicas ou particulares que tenham disputado as olimpíadas estaduais de química.
Como se inscrever: o estudante deve ter participado das etapas estaduais da OBQ para poder disputar a competição nacional. Por isso deve ficar atento ao calendário das competições que são realizadas nos estados. Serão inscritos até 25 alunos por estado pelo coordenador da OBQ em cada unidade da federação.
Período de inscrições: 1 a 15 de agosto de 2013
Informações: www.obquimica.org
Olimpíadas Brasileira de Química Júnior (OBQJúnior):
É destinada a estudantes do 8º e 9º ano do ensino fundamental. Podem participar alunos de escolas públicas ou privadas.
Como se inscrever: cada escola deverá escolher um representante que será responsável por inscrever os alunos interessados via internet. O representante precisa fazer um cadastro para depois poder inscrever os alunos.
Período de inscrições: 6 de maio a 8 de junho de 2013
Informações: www.obquimica.org
Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM)
Organizada pela Sociedade Brasileira de Matemática, é aberta a todos os estudantes dos ensinos fundamental (a partir do 6º ano) e médio das escolas públicas e privadas.
Como se inscrever: é a escola quem faz a inscrição dos seus alunos. As regras para a edição de 2013 ainda não foram divulgadas.
Informações: www.obm.org.br ou pelo telefone (21) 2529-5077.
Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP)
É promovida pelos ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e Educação (MEC), com realização do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa). Podem participar alunos dos anos finais do ensino fundamental (6º ao 9º ano) e do ensino médio, somente de escolas públicas.
Como se inscrever: as escolas deverão fazer a  inscrição dos alunos pela internet, no site da competição . Para a primeira fase não é necessário fazer inscrição nominal dos estudantes, apenas informar o total de alunos interessados em participar da competição.
Inscrições: ainda não foi definido o calendário da OBMEP para 2013.
Informações: www.obmep.org.br, pelo telefone (21) 2529-5084 ou  pelo e-mail contato@obmep.org.br
Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA)
A OBA é organizada todos os anos pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) e a Agência Espacial Brasileira (AEB). Podem participar alunos de todas as séries do ensino fundamental e médio, tanto de escolas públicas como privadas.
Como se inscrever: A inscrição será feita por um professor representante de cada escola. A instituição interessada em participar deverá se cadastrar no site da competição e poderá inscrever quantos alunos quiser.
Período de inscrições: cadastro de novas escolas até 13 de março
Informações: www.oba.org.br
Olimpíada de Geografia – Viagem do Conhecimento
A competição é uma realização da revista National Geographic. Podem participar alunos do 8º e 9º ano do ensino fundamental e do primeiro ano do ensino médio – tanto de escolas públicas quanto particulares.
Período de inscrições: o calendário da edição de 2013 ainda não foi definido
Como se inscrever: as inscrições do aluno devem ser feitas por um professor, coordenador ou diretor da escola. Cada instituição de ensino deve ter um único cadastro, no qual irá inscrever todos os interessados.
Olimpíada Brasileira de Biologia (OBB)
É organizada pela Associação Nacional de Biossegurança (ANBio). A competição é destinada a alunos do ensino médio de escolas públicas e particulares.
Como se inscrever: a inscrição deverá ser feita por um professor que ficará responsável pelas atividades da olimpíada na sua escola. As instituições de ensino podem fazer o cadastro no site da competição.
Período de inscrição: as escolas interessadas em participar devem fazer o cadastro até 9 de abril
Informações: www.anbiojovem.org.br
Olimpíada da Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro
A competição é bienal. A última foi realizada em 2012, portanto não haverá uma edição em 2013. É promovida pela Fundação Itaú Social, Cenpec (Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária) e Ministério da Educação (MEC). Podem participar tanto professores como alunos da rede pública.
Como se inscrever: o primeiro passo é a a secretaria de educação do município ou do estado aderir à competição. Só então os professores poderão fazer a inscrição dos seus alunos, via internet.
Período de inscrições: não haverá competição em 2013. O calendário para 2014 ainda não foi divulgado.
Informações: www.escrevendoofuturo.org.br.
Olimpíada de Informática
Organizada pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC) com apoio da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), é voltada para alunos dos ensinos fundamental e médio de escolas públicas e particulares. É dividida em dois níveis: iniciação e programação.
Como se inscrever: a inscrição pode ser feita somente por um professor. Ele deve se cadastrar no site e depois encaminhar a inscrição dos alunos da sua escola.
Período de inscrições: ainda não foi divulgado o calendário para a edição de 2013
Informações: olimpinf@ic.unicamp.br ou http://olimpiada.ic.unicamp.br
Olimpíada Brasileira de Física
É uma iniciativa da Sociedade Brasileira de Física (SBF) e destinada a estudantes do ensino médio e do 8° e 9º ano do ensino fundamental.
Como se inscrever: a inscrição é de responsabilidade do professor que deverá preencher o cadastro online no site da competição.
Período de inscrições: ainda não foi divulgado o calendário de 2013
Informações: www.sbf1.sbfisica.org.br/olimpiadas
Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente
Organizada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a competição é voltada aos alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e do Ensino Médio, de escolas públicas e privadas do Brasil, e visa fortalecer nos jovens estudantes o desejo de aprender, conhecer, pesquisar e investigar temas em educação, da saúde e do meio ambiente.
Como se inscrever: a inscrição é de responsabilidade do professor que deverá preencher o cadastro online no site da competição.
Período de inscrições: ainda não foi divulgado o calendário de 2013
Informações: www.olimpiada.fiocruz.br
Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas
A Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas busca a melhoria do ensino e estudo das ciências e oferece aos estudantes uma forma de avaliar sua aptidão e seu interesse pela Ciência, em geral, e pela física em particular. Ela é organizada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) por meio do CNPq, do Ministério da Educação (MEC) e é parte de um programa permanente da Sociedade Brasileira de Física (SBF).
Como se inscrever: a inscrição é de responsabilidade de cada escola, que indicará professores responsáveis. O cadastro pode ser feito no site da olimpíada.
Período de inscrições: ainda não foi divulgado o calendário de 2013
Informações: http://www.sbf1.sbfisica.org.br/olimpiadas/obfep2012/index.html
Olimpíada Nacional de Oceanografia
A ONO é um evento realizado pela Associação Brasileira de Oceanografia (AOCEANO), o Fórum de Coordenadores de Cursos de Graduação em Oceanografia do Brasil e a Secretaria da Comissão Interministerial para os Recursos do Mar (SECIRM). Tem como objetivo despertar o interesse dos jovens pela Oceanografia.
Como se inscrever: os estudantes interessados em participar devem solicitar que sua escola realize o cadastro na página oficial do evento. A instituição de ensino também deve possuir um professor que representará a ONO na escola.
Período de inscrições: ainda não foi divulgado o calendário de 2013
Olimpíada Brasileira de Linguística (OBL)
A Olimpíada de lógica, línguas e linguística é uma competição destinada a estudantes brasileiros do ensino médio, de todos os tipos de escola. Nela, um problema típico é baseado em informações de uma linguagem não familiar e requer que os competidores descubram alguma parte do sistema baseado nos dados.
Como se inscrever: o estudante interessado em participar deve solicitar que a escola se cadastre. Para isso, basta mandar dados básicos (nome e endereço da escola, nome e contato do professor representante) para obl.comissao@gmail.com
Período de inscrições: ainda não foi divulgado o calendário de 2013 da olimpíada.
Informações: http://www.olimpiadascientificas.com/olimpiadas/linguistica/obl/
IJSO BR
A IJSO BR é uma competição de física, química e biologia que nasceu da nasceu da seletiva para a competição internacional IJSO, e desde 2009 passou a premiar aqueles com as melhores pontuações com medalhas e certificados. Podem participar estudantes que tenham até 15 anos até o dia 31 de dezembro do ano da competição.
Como se inscrever: As inscrições são realizadas no início do ano, no site da competição. Cada inscrição individual custa R$50, e escolas podem se cadastrar por R$350,00, sem limite para a quantidade de alunos inscritos. A rede pública é isenta da taxa de participação.
Período de inscrições: As inscrições estão abertas até o dia 20 de maio
Informações: http://www.olimpiadascientificas.com/olimpiadas/interdisciplinar/ijso-br/

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Assunto: Educação Infantil - atendimento em unidades de 7 horas


Assunto: Educação Infantil  - atendimento em unidades de 7 horas


Senhora Coordenadora de E/SUBE/CRE,
Senhor(a) Gerente da E/SUBE/CRE/GED,
Senhor(a) Gerente da E/SUBE/CRE/GRH,
Senhor(a) Diretor(a) de Escola de 7 horas com turmas de Educação Infantil,


            Tendo em vista as especificidades da Educação Infantil, importante esclarecer, junto às Direções de Escola e Equipe, aos Professores Regentes, aos demais servidores e à comunidade escolar, que:

  • as turmas de maternal e/ou berçário que funcionam em unidades com atendimento de 7 horas serão regidas pelo horário de creche, ou seja, das 7h às 17h;

  • as turmas de pré-escola dessas instituições seguirão o mesmo horário destinado às demais turmas do Ensino Fundamental, perfazendo um total de 7 horas diárias de atendimento;

  • havendo disponibilidade de profissionais, oficinas poderão ser oferecidas também para as turmas de Educação Infantil.



Atenciosamente,

Maria de Nazareth Machado de Barros Vasconcellos
Coordenadora da E/SUBE/CED
Matr. 70/193.141-9

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Orientações sobre a carga horária de Linguagens Artísticas e de Línguas Estrangeiras no PEJA


Orientações sobre a carga horária de Linguagens Artísticas e de Línguas Estrangeiras no PEJA


Senhor (a) Coordenador (a) de E/SUBE/CRE,
Senhor (a) Gerente de E/SUBE/CRE/GED,
Senhor (a) Gerente de E/SUBE/CRE/GRH,
Senhor (a) Diretor (a) de Unidade Escolar,

Considerando o Comunicado E/SUBG/CRH nº 01, de 01/02/2013, que trata da concessão de Dupla Regência para Professores, informamos que:

- os professores de Linguagens Artísticas e de Línguas Estrangeiras que atuarem no PEJA realizarão seu trabalho semanal às 6ª feiras, das 18h às 22h, em regência de turma,  ou em carga horária equivalente, no turno da manhã ou da tarde, quando se tratar de PEJA diurno;

- o horário complementar será composto de 8 (oito) horas mensais assim distribuídas: 2 (duas)  horas semanais, sempre às 5ª feiras. Esses dias deverão ser utilizados para planejamento e participação nos Centros de Estudos que serão coordenados pela escola, pela E/SUBE/CRE ou  E/SUBE/CED/GEJA;

- os Professores de Linguagens Artísticas e de Línguas Estrangeiras participarão, com os demais Professores da Unidade Escolar, das seguintes atividades coletivas previstas no calendário escolar: Conselhos de Classe (Avaliação) e Centros de Estudos Integrais;

- os Professores que atuaram no PEJA em 2012 e que desejam continuar atuando em 2013, na mesma escola, poderão ser requisitados ou complementar a carga horária (em ambos os casos, a carga horária será de 6 (seis) tempos de aula no PEJA e 6 (seis)  tempos de aula no ensino regular). Compõem esta carga horária as horas destinadas ao Centro de Estudos: 2 (duas) horas no PEJA e 2 (duas) horas no regular.

Contamos com a colaboração de todos, a fim de garantir o cumprimento dessas orientações.

Atenciosamente,


 

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica


Circular E/EPF n.º 001/2013                     Rio de Janeiro, 14 de fevereiro de 2013.
Assunto: Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor)


Sr.(a) Coordenador(a)

Sr.(a) Diretor(a)



1.                            Informamos que as pré-inscrições para concorrer às vagas dos cursos de licenciatura, na modalidade presencial do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor) poderão ser realizadas no período de 11 de fevereiro a 18 de março de 2013.
2.                            Na modalidade presencial, o Parfor oferece turmas especiais em cursos de:
• Licenciatura – para docentes em exercício na rede pública da educação básica que não tenham formação superior ou que mesmo tendo essa formação queiram realizar o curso na disciplina em que atuam em sala de aula e para a qual tem graduação;
• Formação Pedagógica – para docentes graduados não licenciados que se encontram em exercício na rede pública da educação básica;
3.                            A comprovação do exercício da docência é verificada no ato da pré-inscrição, assim, os professores para realizarem suas pré-inscrições, devem estar cadastrados no Educacenso na função “Docente”.
4.                            As inscrições deverão ser validadas na Plataforma Freire pelas Secretarias de Educação Estadual ou Municipal à qual o professor estiver vinculado no período de 19 de março a 15 de abril de 2013. É importante ressaltar que a pré-inscrição e a validação não garantem a matrícula do professor.





Fl. 02 da Circular E/EPF nº 001, de 14/02/2013.


5.                            A realização da matrícula depende de aprovação em processo seletivo definido pela IES e do atendimento as regras do programa para a formação das turmas.
6.                            Ressaltamos que a participação do professor regente no curso escolhido só poderá acontecer fora do seu horário de trabalho no Município do Rio de Janeiro, não havendo, em hipótese alguma, dispensa de ponto para esse fim.
7.                            Para saber os dados da oferta para 2013 e fazer as pré-inscrições, acesse a Plataforma Freire no endereço eletrônico http://freire.mec.gov.br. Em caso de dúvidas ligar para 0800 616161, opção 7, ou entrar em contato por meio do Fale Conosco, opção Educação Básica/Plataforma Freire.
8.                            Solicitamos divulgar junto aos professores estas informações.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

REDUÇÃO DO ANALFABETISMO ATINGE META DE 2016


REDUÇÃO DO ANALFABETISMO ATINGE META DE 2016
A Secretaria de Educação também inicia o ano com uma boa notícia: a
meta prevista para 2016 de reduzir para menos de 5% o analfabetismo
funcional já foi atingida ao final do ano passado. Em dezembro de 2012, o
percentual chegou a 4.13%. Em 2011, a taxa era de 6,5%.
De 2009 a 2012 foram realfabetizados 29.500 alunos, com a participação de cerca de 1.100 professores da Rede. Nesse esforço da Secretaria em dar ênfase
na alfabetização no 1º ano, em 2013 será reforçado o Pacto Carioca Pela Alfabetização. Em 2011, 83% dos alunos ao final do 1º Ano estavam alfabetizados.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Provas Bimestrais 2013


Provas Bimestrais 2013


A Coordenadoria de Educação comunica o calendário das PROVAS BIMESTRAIS para o ano letivo de 2013:

1º bimestre: Língua Portuguesa-Produção Textual – 01 a 19 de abril;

                      Língua Portuguesa-Leitura – 16 de abril;

                      Matemática – 18 de abril;

                      Ciências – 19 de abril.

2º bimestre: Língua Portuguesa-Produção Textual – 17 de junho a 05 de julho;

                      Língua Portuguesa-Leitura – 03 de julho;

                      Matemática – 04 de julho;

                      Ciências – 05 de julho.

 - 3º bimestre: Língua Portuguesa-Produção Textual – 09 a 26 de setembro;

                      Língua Portuguesa-Leitura – 24 de setembro;

                      Matemática – 25 de setembro;

                      Ciências – 26 de setembro.

4º bimestre: Língua Portuguesa-Produção Textual – 01 a 19 de novembro;

                      Língua Portuguesa-Leitura – 14 de novembro;

                      Matemática – 18 de novembro;

                      Ciências – 19 de novembro.

Observações:

1.    O 4º Ano NCM e o 7º Ano NJM realizam, normalmente, as provas bimestrais.

2.    O 7º Ano NJM fará, apenas em Língua Portuguesa, uma prova diferenciada; as demais (Matemática e Ciências) são iguais às do 7º Ano regular.

3.    O 4º Ano NCM realiza provas específicas de Língua Portuguesa (Leitura e Produção Textual) e Matemática para esse grupamento, mas a prova de Ciências será igual à das turmas regulares. O 4º Ano NCM fará prova de Língua Portuguesa-Produção Textual somente no 2º semestre; no 1º semestre, realizará, em seu lugar, a prova de Alfabetização Escrita.

4.    O Realfabetização 2 fará, bimestralmente, prova de Língua Portuguesa.

5.    A prova bimestral de Ciências passa a ser única; portanto, todas as escolas farão a mesma prova, inclusive as que possuem o projeto Cientistas do Amanhã.

 

Informamos, também, que o 4º Ano NCM fará provas (Língua Portuguesa-Leitura, Alfabetização Escrita/Produção Textual e Matemática) também nos seguintes meses:

- Março: 25 a 27;

- Junho: 03 a 07;

- Agosto: 26 a 30;

- Outubro: 28 a 31.

Observações: Em breve, serão disponibilizados, na intranet, os descritores das provas do 4º Ano NCM e os temas da Produção Textual do 1º bimestre.

 

           

 

critérios para o exercício da função de Coordenador Pedagógico nos Espaços de Desenvolvimento Infantil – EDI e dá outras providências.


DIÁRIO OFICIAL  de 14 de fevereiro de 2013
Secretaria Municipal de Educação
Ato da Secretária
RESOLUÇÃO SME N.º 1226, DE 07 DE FEVEREIRO DE 2013.
Estabelece os critérios para o exercício da função de Coordenador Pedagógico nos Espaços de Desenvolvimento Infantil – EDI e dá outras providências.
 
A SECRETÁRIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor e considerando o disposto no Decreto n.º 36.764, de 05 de fevereiro de 2013,
 
RESOLVE:
 
Art. 1º A função de Coordenador Pedagógico nos Espaços Desenvolvimento Infantil - EDI será exercida por Professores ou Especialistas de Educação da Rede Pública Municipal de Ensino.
 
Art. 2º São condições básicas para o exercício da função de Coordenador Pedagógico nos Espaços de Desenvolvimento Infantil:
 
I-                 compromisso com a Política Educacional da Secretaria Municipal de Educação;
 
II-                conhecimento comprovado da Lei n.º 9394/96 – Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional - LDB;
 
III-               disponibilidade para o aperfeiçoamento profissional continuado, comprometendo-se a socializar, junto aos demais professores, os estudos realizados;
 
IV-               flexibilidade de horário para o trabalho, de acordo com as necessidades de funcionamento da unidade escolar e;
 
V-                capacidade de liderança, articulação e mobilização dos diferentes segmentos que compõem a comunidade escolar.
 
Art. 3º São condições essenciais para a escolha do Coordenador Pedagógico:
 
I-                 formação, preferencialmente, em curso de graduação em Pedagogia ou Licenciatura de graduação plena;
 
II-                experiência de, no mínimo, 4 (quatro) anos em Educação Infantil, nos últimos dez anos;
 
III-               assiduidade e pontualidade em relação aos compromissos profissionais.
 
Art. 4º O Professor Articulador, com boa avaliação da direção, poderá ser indicado Coordenador Pedagógico.
 
Art. 5º Não poderão ser indicados para o exercício da função de Coordenador Pedagógico servidores que estejam respondendo a inquérito administrativo ou tenham participado, comprovadamente, de quaisquer irregularidades administrativas.
 
Art. 6º Os casos omissos serão resolvidos pelo Coordenador da Coordenadoria Regional de Educação.
 
Art. 7º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.
 
 Rio de Janeiro, 07 de fevereiro de 2013.
  CLAUDIA COSTIN

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

ORIENTAÇÕES PARA O INÍCIO DO ANO LETIVO


Circular E/SUBE/CED nº 002
                    Rio de Janeiro, 31 de janeiro de 2013.
Assunto: ORIENTAÇÕES PARA O INÍCIO DO ANO LETIVO

Senhor(a)  Coordenador(a) de E/SUBE/CRE,
Senhor(a) Assessor(a) de Integração da E/SUBE/CRE,
Senhor(a)  Gerente da E/SUBE/CRE/GED,
Senhor(a)  Diretor(a) de Unidade Escolar,
Senhor(a) Coordenador(a) Pedagógico(a),


            A Coordenadoria de Educação encaminha, às Equipes de Direção das Unidades Escolares, aos Coordenadores Pedagógicos e aos Professores Regentes, as seguintes orientações acerca do Material Pedagógico a ser utilizado no início do ano letivo:

  • CADERNO TAREFAS DE FÉRIAS – 1º ao 5º Ano
- Durante os primeiros 15 dias de aula, os Professores deverão utilizar esse caderno para diagnóstico inicial e consolidação de competências e habilidades relativas ao ano anterior.

  • CADERNOS DE REFORÇO ESCOLAR
- Deverão ser distribuídos, prioritariamente, aos alunos de 2° Ano conceituados com I (Insuficiente), no COC final de 2012.
- Caso haja sobras, os alunos do 3º Ano, conceituados com I (Insuficiente) no COC final de 2012, também poderão ser contemplados.
- Esses cadernos se destinam a atividades de reforço escolar, desde o início do ano letivo.

  • CADERNO LEITURAS – 4º e 5º Anos
- Contém textos diversos de não ficção, a serem utilizados durante todo o 1º semestre, em atividades diversificadas, para enriquecimento das atividades curriculares.


2.         Informamos, também, sobre:

  • DESCRITORES DAS PROVAS DO 1º BIMESTRE
ž   Os descritores do 3º ao 9º Ano já se encontram na intranet.
ž   Os descritores do 2º Ano – cujos alunos farão a Provinha Brasil – serão disponibilizados posteriormente.


  • RECLASSIFICAÇÃO
ž   Os alunos reprovados apenas por frequência, em 2012, poderão ser reclassificados, já na primeira semana de aula.
           

3.         Contamos, mais uma vez, com a indispensável atenção e com o empenho de todos, no sentido de que seja dada ciência desta circular a todo o corpo docente das Unidades Escolares.



Atenciosamente,

Maria de Nazareth Machado de Barros Vasconcellos
Coordenadora da E/SUBE/CED
Matr. 70/193.141-9

Plataforma permite o compartilhamento de video-aulas e cursos onlines gratuitos ou não | Portal Aprendiz

Plataforma permite o compartilhamento de video-aulas e cursos onlines gratuitos ou não | Portal Aprendiz

Autonomia e controle; online e off-line | Portal Aprendiz

Autonomia e controle; online e off-line | Portal Aprendiz

Servidores da Prefeitura do Rio vão pagar imposto sindical no salário de março - Servidor Público - Extra Online

Servidores da Prefeitura do Rio vão pagar imposto sindical no salário de março - Servidor Público - Extra Online

Servidor municipal do Rio: sai lista de documentos para comprovar uso de benefício - Servidor Público - Extra Online

Servidor municipal do Rio: sai lista de documentos para comprovar uso de benefício - Servidor Público - Extra Online

Servidor municipal do Rio: Previ-Rio libera lote de benefício - Servidor Público - Extra Online

Servidor municipal do Rio: Previ-Rio libera lote de benefício - Servidor Público - Extra Online

Projeto quer formar 100 heróis locais no Paraná | PORVIR

Projeto quer formar 100 heróis locais no Paraná | PORVIR

Site ajuda a fazer próprio app em minutos | PORVIR

Site ajuda a fazer próprio app em minutos | PORVIR